Supermercado do futuro. O que vem por aí?

Como você imagina um supermercado do futuro? Atualmente, a revolução digital incorporou o hábito de compras em supermercados num aplicativo. Facilitou a vida do consumidor, dando comodidade e segurança na hora de fazer as suas compras de supermercado.

E o que o future reserva para os supermercados? Listamos nesse artigo os recursos do futuro, as tecnologias que podem ser incorporadas tanto à experiência digital, como à presencial.

Caixas de autoatendimento

supermercado do futuro

O próprio cliente realiza o registro, a pesagem e o pagamento dos produtos, ou seja, através do autoatendimento ele escaneia o código de barra do produto, faz a pesagem das frutas e legumes utilizando uma balança que é integrada ao sistema e realiza o pagamento através do cartão de crédito ou débito.

Já implementados em muitos supermercados pelo Brasil, os caixas de autoatendimento são uma tendência para o futuro. Aliás, quando o cliente passa a ter a opção de self check out ele deixa de utilizar os caixas convencionais completamente.

Mercados autônomos

supermercado do futuro

Quando se imaginam mercados que funcionam sem caixas ou seguranças, logo se pensa nas iniciativas de gigantes como as da varejista americana Amazon, com sua Amazon Go, ou da gigante de tecnologia Alibaba, com o supermercado Hema.

Assim como com as compras programadas (pela internet) os mercados autônomos oferecem às pessoas praticidade para o dia a dia e segurança. A diferença é que nesse modelo de consumo a compra é feita na hora, o cliente consegue pagar de maneira autônoma, sem sair de casa, e ter o produto na hora. Essa é a grande revolução do varejo, cada vez mais conhecida pelos moradores de condomínios.

Visão computacional, etiquetas de identificação RFID e QR Code. Com esses ingredientes é possível montar a cesta básica do mercado autônomo. Fazer com que elas conversem e se integrem a uma plataforma de pagamento é o grande desafio.

Aqui no Brasil, o Carrefour mantém, desde dezembro, um plano piloto da tecnologia Scan & Go. O sistema permite que o cliente realize suas compras na loja física e efetue o pagamento via aplicativo no celular sem a necessidade de passar pelo caixa. Os testes com a tecnologia começaram a ser feitos no Carrefour Express de São Paulo e, desde janeiro, ela está disponível em outras lojas da cidade.

Aplicativo separador

Aplicativo de separação para supermercados

O aplicativo de separação de produtos foi desenvolvido para aperfeiçoar o processo de separação do pedido pelo supermercado. Com ele, é possível selecionar o pedido feito pelo aplicativo ou loja virtual e separar os itens de maneira mais rápida.

O aplicativo de separação possibilita a ordenação dos produtos de acordo com as respectivas gôndolas, utilizando o leitor de código de barras para dar baixa nos produtos.

aplicativo separador

Ele facilita também a separação de itens pesáveis, onde o operador informa o peso total do item separado e o aplicativo atualiza o valor do item no pedido.

Lucas Camargo, CEO da Instabuy explica que o separador pode ter o aplicativo de separação num coletor ou num celular Android, onde terá acesso às compras feitas no dia e por ordem cronológica de entrega. “Ele tem exatamente a lista que o cliente pediu, vai bipando os produtos através de um leitor de códigos de barra e separando no seu carrinho, podendo conversar com os clientes e às vezes até fazendo a adição de novos produtos pedidos pelo cliente. Esse processo, faz com que o ticket médio da compra pelo aplicativo seja até 7 vezes maior do que o de uma loja física”, afirma Lucas.

Mas esse tecnologia aplicada no aplicativo do cliente também ajuda a preencher a sua lista de compras fazendo a leitura do código de barras dos produtos que estão quase acabando na sua dispensa.

Inteligência artificial

qr-code

Imagine um consumidor que vá ao seu supermercado e sempre compre carne e carvão, mas deixe o pão de alho, a cerveja e a linguiça de fora do carrinho de compras. A inteligência artificial consegue perceber isso e automaticamente começa a indicar ofertas personalizadas para esse cliente, daqueles itens que ele não compra.

No aplicativo, ao selecionar, por exemplo, “pão de forma”, s plataforma indica que quem comprou esse produto, comprou também queijo fatiado, requeijão, presunto, etc…

Além disso, em compras recorrentes, a plataforma pode indicar que o cliente comprou o produto “X” há 20 dias, mas a sua compra recorrente é de 10 em 10 dias.

iOT - Internet das Coisas

qr-code

A “Internet das Coisas” se refere a uma revolução tecnológica que tem como objetivo conectar os itens usados do dia a dia à rede mundial de computadores.

A ideia é que, cada vez mais, o mundo físico e o digital se tornem um só, através dispositivos que se comuniquem com os outros, os data centers e suas nuvens.

Já nos dias de hoje, são muitos os objetos conectados, como geladeiras, óculos, elevadores e carros. A rede pode intervir em pequenos gadgets ou em infraestruturas complexas. Pensando em toda essa usabilidade, vêm surgindo iniciativas, que envolvem empresas grandes, para unificar a Internet das Coisas.

O fogão smart é um eletrodoméstico indicado para compor uma cozinha inteligente. O equipamento apresenta conexão Wi-Fi e pode ser controlado tanto pelo celular quanto por caixas de som inteligentes.

iot geladeira

Imagine um fogão que controle a sua dieta, apresentando um cardápio nutritivo e balanceado e a receita para prepará-lo. Ao mesmo tempo, o fogão “pergunta” à geladeira se ela possui todos os produtos necessários. Caso não possua, entra em ação a inteligência da geladeira. Ela está conectada a um aplicativo de e-commerce, como o da Instabuy, e faz o pedido dso produtos necessários diretamente ao supermercado do futuro, agendando o horário de entrega de acordo com a agenda do “patrão”.

Outra funcionalidade da geladeira inteligente é a detecção de odores dos produtos que estão ficando fora do prazo, disparando uma notificação para o celular do proprietário. A Amazon garantiu uma patente para um ‘refrigerador com sensor de contaminação baseado em odores’ – sensores de detecção de produtos químicos que reconhecem se a comida está estragando. A tecnologia também pode ser integrada ao assistente virtual da empresa, Amazon Alexa. A integração é útil, pois permite aos usuários criar e verificar listas de compras via Alexa.

A Electrolux está instalando uma série de geladeiras inteligentes em locais públicos na Suécia, Reino Unido e França. A ideia é conectar as geladeiras a um app, permitindo que restaurantes e supermercados vendam o excedente de alimentos, que de outra forma seriam jogados fora.

Supermercado do futuro pode ser o seu

Garanta já a presença do seu supermercado no mundo digital. A Instabuy é a melhor plataforma para ecommerce otimizado para supermercados. Agende uma apresentação com um consultor Instabuy.

Comece a vender online com o seu supermercado com loja digital, aplicativo, sistema de pagamento, aplicativo de separação e integração com o seu ERP.