Compras de supermercado pela internet saem de 9% e chegam em 30%

Não é uma novidade que compras por canais online, tanto em sites quanto aplicativos, têm crescido todos os dias. Esse é um hábito que vem ganhando muita força desde o inicio da pandemia, além de outras hábitos que o consumidor tem desenvolvido ao longo desse período. A verdade é que a crise foi um incentivo para o grande salto da tecnologia e vários setores se beneficiaram com isso, como pro exemplo os supermercados. As compras de supermercados pela internet foram potencializadas nesse período.

Em estudo desenvolvido pela CNDL/SPC Brasil (Confederação Nacional de Dirigentes lojistas) / (Serviço de Proteção ao Crédito) em parceria com a Offer Wise Pesquisas, 91% dos internautas brasileiros realizaram alguma compra através da internet nos últimos 12 meses.

 

Crescimento em compras de supermercado pela internet

 

Segundo a pesquisa, das 23 categorias que foram estudadas, 12 apresentaram um crescimento significativo. A primeira que vale ser citada é a categoria de “comida por delivery” que teve um crescimento de 30% para 55% em relação à pesquisa desenvolvida em 2019. Outro hábito que teve seu crescimento observado foi o da compra de supermercado pela internet, sendo o crescimento de 9% a 30%.

Vale citar outras categorias que tiveram crescimento:

  • O terceiro maior crescimento foi o de compra de cursos online.
  • Restrições em espaços de lazer abriram espaço para serviços de streaming, filmes e música.

No estudo, um dado que vale ser citado é que o frete grátis e preço baixo são os fatores que determinam a escolha da loja-online. Foi levantado pelos entrevistados que lojas que oferecem o frete grátis, esse tende a ser o fator decisivo para que seja realizada a compra (45% das menções) . Além disso, também é citado que preços baixos (44%) e promoções (39%) fecham os fatores mais relevantes para uma compra. Ainda sobre o estudo, foi apresentado que o consumidor procura encontrar tanto depoimentos e avaliações de outros clientes (48%), quanto a ficha técnica do produto (48%). Isso mostra o quanto o cliente leva em consideração a experiência e a opinião de outros consumidores.

Também vale ser citado que o fator “retirar na loja’ caiu de importância devido aos fatores ligados a mobilidade que foram impactados pela pandemia.

Esse estudo é um forte indicador para que empreendedores e lojistas estejam preparando a implantação do seu negócio online e já dando os próximos passos. É tarde demais? Não é, mas aqueles que tomaram a dianteira, já estão testando coisas novas e obtendo ótimos resultados. As compras de supermercado aumentaram e isso é sim um indicador e uma tendência que só crescerá ao longo dos próximos meses.

Você pode conferir a pesquisa completa em: Pesquisa de Consumo Online no Brasil CNDL

Leia também: Calcule e Otimize o Frete do Seu E-commerce